Pr. Virgínio J. Carvalho Neto

O Início

Virgínio de Carvalho Neto nasceu em 17.04.l953 na cidade de Aracaju, Estado de Sergipe, Filho de Paulino Bispo de Carvalho e Maura Moraes de Carvalho, tendo o mesmo o privilégio de ter sido criado no temor de Deus desde tenra idade.Aos 03 anos de idade mudou-se juntamente com a sua família para a cidade de Rosário do Catete-Se, onde residiu até os 15 anos.O pequeno Netinho, como era familiarmente chamado, aos 10 anos de idade estava diretamente envolvido no trabalho de evangelização, pregando em ruas e praças daquela cidade.

No dia 08 de novembro de 1964, aos 11 anos de idade foi batizado nas águas na Cidade de Carmópolis; ao tempo que começou a ensinar na Escola Bíblica Dominical, e servir ao Senhor como porteiro da Igreja Evangélica Assembléia de Deus.

Com 14 anos já dirigia cultos e desempenhava trabalhos de evangelismo, auxiliando a saudosa irmã Florência, mulher que Deus usou poderosamente no ministério da evangelização neste Estado, principalmente na região do Vale do Cotinguiba. Quando do seu retorno a Aracaju, aos 15 anos, o Pastor Presidente de então, Pastor José Rodrigues Sobrinho, colocou Virgínio para dirigir os trabalhos de evangelismo, o qual envolveu-se inteiramente na causa do Mestre. No ano de 1970, contando agora com 18 anos, foi designado para lecionar na classe de jovens na Escola Bíblica Dominical dando início aos trabalhos com a mocidade.

Foi consagrado Evangelista pelo Ministério da Igreja no ano de 1971; e neste mesmo ano começou a apresentar o Programa Mensagem de Esperança, na Radio Liberdade, e a ensinar na Escola de Teologia das Assembléias de Deus – Núcleo de Sergipe em substituição ao hoje Pastor Gerinaldo Messias – Pastor das Assembléias de Deus na Cidade de Itabaiana. No ano de 1972 organizou juntamente com outros jovens o I CONGRESSO DA MOCIDADE, que teve como tema: O TEMPO PASSA, E TU O QUE FAZES? É claro que já ardia no coração do jovem evangelista Virgínio o fogo da chamada missionária, por isso se empenhava com todas as suas forças no objetivo de ver o crescimento do Reino de Deus através da conversão de almas, tendo aberto com o pleno apoio do Pastor José Rodrigues Sobrinho, as congregações do Bairro Bela Vista, Povoados Taiçoca, Sobrado e Palestina; e ainda dava assistência nos templos do Calumbi, Quem Dera (hoje Eduardo Gomes) e Rosa Elze.

Numa demonstração inequívoca de aprovação aos seus trabalhos, o Ministério da Igreja, percebendo a chamada divina desse Homem de Deus para o além fronteiras, o consagrou no dia 07 de setembro de 1973 a Ministro do Evangelho (PASTOR) com registro nº 02905 na CGADB (Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil), tendo apenas 20 anos de idade, sendo o mais jovem Pastor a ser consagrado a tal título episcopal no Estado até hoje.